A verdade sobre a Black Friday

Amigos, trago verdades…
 
Eu sei que provavelmente você comprou algo na Black Friday. E se não comprou, tenho certeza que pelo menos deu uma “pesquisada” nos preços de algo que esteja querendo comprar (seja por necessidade, seja por desejo). O fato é que a Black Friday nada mais é do que nosso atestado de trouxa!! É isso mesmo! Somos trouxas, o tempo todo, todos os dias, o ano inteiro. Sabe por quê? Afora os preços maquiados (celular de R$ 1099,99 por R$ 699,99) e majorados ao extremo para passar a falsa ilusão de que estamos tendo algum desconto em alguma coisa, quando encontramos algo com um desconto real, podemos perceber o quanto as empresas superfaturam e lucram com as suas vendas diárias. Se algo que comprei hoje por R$ 299,00 (estou falando de uma compra real que fiz agora há pouco) gera lucro para a empresa (porque eu duvido que a empresa vá vender algo que lhe traga prejuízo), imagine o quanto ela lucra vendendo o mesmo item, todos os dias, por R$ 459,00. É meu amigo! Pagamos o preço todos os dias. Um preço muito alto, por sinal!!!
 
A Black Friday deveria ser uma estratégia de venda para renovação de estoque das empresas, onde ela vende os itens da coleção antiga por um preço reduzido para levantar fundos para investir em uma nova coleção que está sendo lançada, o que faz o produto girar e garante que a empresa tenha sempre um estoque atualizado, com os itens de lançamento mais recentes. Porém, o que vem acontecendo aqui nos últimos anos não é somente isso. Trata-se de uma bela oportunidade para esfregar na nossa cara o nosso atestado de trouxa, de população mau instruída, que se acotovela nos corredores da loja de departamentos para garantir 20 desodorantes para si, apenas porque está em promoção, de uma população que está gastando o que não tem para comprar o que não precisa e que, paga, todos os dias, um preço muito alto pelo consumo irracional.
 
Mas… Como ninguém é de ferro… Enquanto a realidade não muda, vamos lá aproveitar aquilo que realmente tem algum “desconto” – ou, dito de outro modo, vamos lá aproveitar aquilo que finalmente está sendo vendido por um preço justo – e que é algo que está além dos nossos desejos instintivos de comprar por medo da escassez, mas que supre as nossas necessidades reais. E não estou falando da necessidade de exibir bens para a sociedade…
 
#prontofalei #ficaadica #blackfriday
Anúncios

Startup Weekend – Eu fui! #SWTaquaritinga

Neste fim de semana participei de um evento incrível que rolou aqui na minha cidade: o Startup Weekend. Pra quem não sabe o que é uma Startup Weekend, sugiro que leia aqui. Você também vai encontrar uma infinidade de informações no Google sobre o que é e como é uma Startup Weekend.

Basicamente, você tem um final de semana, começando na sexta à noite e terminando no domingo à noite, para descobrir um problema, validá-lo junto ao seu público alvo, apresentar uma ideia/solução, validar a ideia e então criar uma “empresa” em cima disso.

O evento é inspirador e transformador!! Os mentores colocam um milhão de questionamentos e ideias contraditórias em sua mente e você precisa de, NO MÍNIMO, muita resiliência e calma para conseguir seguir a diante.

Mas não vou – nem pretendo – me adentrar nos detalhes do evento. Quero me ater a uma frase que ouvi diversas vezes no fim de semana: “vocês vão pivotar outra vez?” Para não deixar o post muito longo , se você quiser saber o que é PIVOTAR, clique aqui e aqui.

Depois de ouvir essa frase uma porção de vezes, por um instante, minha mente precisou pivotar por um pouco. Precisei dar um giro pela mente, sem perder minhas bases. O mentor olhou para mim e disse: “Olhe para mim, pare de olhar para o lado!” O que ele não sabe, é que eu não estava olhando para o lado. Eu estava olhando para dentro de mim!

Pivotei minha mente, minhas ideias, minha alma, mas me agarrei a tudo o que sou, tentando voltar ao ponto de equilíbrio, tentando alcançar algo novo, tentando ver mais além, sem perder o chão que me segura. Naquele momento, não se tratava mais de pivotar um negócio, uma empresa. Eu estava pivotando a minha vida!!

E esse foi, sem dúvida alguma, o maior ganho da Startup Weekend. Nunca vou esquecer essa frase: “Vocês vão pivotar novamente?”. Sim!! Eu vou pivotar minha vida quantas vezes forem necessárias, porque é isso que nos mantém vivos. É preciso pulsar uma dor para achar uma resposta. É preciso olhar para outros ângulos, mudar de direção, mudar de ramo, mudar de ideia, mudar tudo, mas sem mudar a sua essência, sem deixar de ser aquilo que você é.

Eu não faço ideia de quantas vezes a vida cobrou de mim a força para fazer girar a roda da vida. Eu não faço ideia de quantas vezes eu tentei deter a roda da vida! Eu também não faço ideia de quantas vezes eu deixei a roda girar, sem medo de me perder… Mas eu sei que é preciso girar, é preciso pivotar, é preciso rodar a roda da vida. Porque quando menos se espera, a roda para.

Algumas pessoas podem achar que ficar pivotando ideias, pivotando vidas, é algo que demonstra labilidade, instabilidade ou qualquer outro tipo de volatilidade. Mas não! Aliás, é totalmente o contrário. Pivotar ideias, pivotar vidas, é o maior sinal de força e resiliência. É saber que você pode se abrir e sair para o mundo e ainda assim saber voltar para casa, na certeza que voltará sempre com a bagagem maior, com o coração mais cheio, com a mente mais fértil e com o coração transbordando de alegria pelas novas experiências.

Na dúvida? Vamos pivotar novamente! E vamos em frente…

#StartupWeekend #SWTaquaritinga #GiveFirst

 

Seres inconclusos

Somos seres inconclusos. Nunca estamos completamente prontos e preparados. Para nada! Sim, estamos sempre inacabados, incompletos, inconclusos. Nunca chegamos ao ponto onde terminamos tudo o que gostaríamos de ter feito. Nunca alcançamos o nível de excelência que julgamos precisar. 

“Na verdade, o inacabamento do ser humano ou a sua inconclusão é próprio da experiência vital. Onde há vida, há inacabamento.” (Paulo Freire)

A vantagem disso é que sempre há espaço para melhorar. Sempre há campo para evoluir! Sempre há oportunidades para explorar…

E você? Sente que ainda há muito para construir em sua vida! 

3 ferramentas para ser mais criativo

Você já viu o meu eBook “e-Criativo: 3 ferramentas para ser mais criativo”? Não? Está esperando o quê? É só se cadastrar para receber sua cópia totalmente grátis.

Neste eBook você vai aprender 3 ferramentas poderosas e fáceis de serem executadas que lhe mostrarão todo o seu potencial criativo e lhe darão direções para que você possa despertar o que há de melhor dentro do seu cérebro.

E o melhor, ele é totalmente gratuito. Sim, é um presente que ofereço a você, leitor do meu blog.

Mas então você vai me perguntar “Por que oferecer um conteúdo de qualidade de maneira gratuita?”. É simples! Quanto mais pessoas tiverem acesso às ferramentas necessárias para melhorar sua capacidade criativa, melhor o mundo será. Haverá uma avalanche de boas ideias! E isso faz a diferença.

Se você quer baixar gratuitamente meu eBook é só preencher o formulário e deixar o seu email.

 

 

 

Dormir 

Dormir é uma excelente técnica para melhorar seu potencial criativo. É durante o sono que o cérebro organiza, reorganiza e processa todas as informações e estímulos que recebeu durante o dia. Isso quer dizer que durante uma boa noite de sono você pode ter ideias muito criativas, projetadas nos seu sonho. E então… Você tem um caderninho ao lado da cama para anotar aquela ideia maluca que teve durante o sonho? Ela pode ser a chave para uma ideia criativa amanhã!! Fica a dica.