administração, criatividade, inspiração

Resiliência ou Resistência?

Você já enfrentou uma situação adversa? Acredito que sim! A maioria das pessoas já passou por isso, seja lá qual tenha sido a dificuldade enfrentada. Você resistiu bravamente à adversidade? Ou você foi resiliente?

Muito se fala hoje sobre a capacidade de ser resiliente ao enfrentar dificuldades. A verdade é que muitas pessoas são resistentes e não resilientes. Você sabe a diferença entre essas duas coisas?

Sobre a resiliência…

Ser resiliente envolve muitas habilidades, mas a mais importante delas talvez seja o autocontrole. Você precisa exercer um forte domínio de suas próprias emoções. Precisa saber domar a raiva, encarar a frustração, vencer a tristeza e o desânimo. “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.” Em uma situação de estresse (o bicho), podemos correr (agir com raiva) ou ficar (ceder à angústia). A nossa reação pode acabar se tornando uma resposta padrão. Ou agimos sempre com explosões de raiva ou ficamos inertes e mergulhados na tristeza diante dos conflitos e dificuldades.

Precisamos analisar constantemente se estamos sendo prisioneiros das nossas próprias respostas automáticas. É possível mudar a nossa resposta e adaptá-la de acordo com a situação. Para desenvolver a resiliência, precisamos lançar um olhar mais cuidadoso e analítico sobre nós mesmos, um olhar estratégico e calculista, a fim de identificar em nós comportamentos que podem ser mudados. Não tem a ver com personalidade (eu sou pavio curto e por isso sempre respondo com agressividade). Tem a ver com o nosso próprio autocontrole e a forma como modulamos e moldamos nosso comportamento.

Ser resistente envolve somente resistir a uma situação, sem modelar o pensamento e sem projetar e adotar novos comportamentos. O próprio fato de adotar uma resposta padrão para as situações de estresse demonstra uma resistência que pode ser prejudicial. Enquanto não houver mudança de mentalidade e de comportamento, a resistência pode ser apenas uma resposta automática, sem o componente da aprendizagem envolvido.

E então, você quer ser resiliente ou resistente? Desenvolva sua capacidade de analisar a si mesmo edominar suas próprias emoções. Esse é o verdadeiro significado da resiliência. Não seja resistente à mudança e ao aprendizado. Deixe fluir a sua capacidade de modelar seus pensamentos e comportamentos. Não resista bravamente! Seja flexível. Aprenda com cada situação e projete novos comportamentos a cada dificuldade enfrentada. Floresça a cada tempestade!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s