Balanço final de 2012

O que dizer de 2012? Um ano inesquecível, por muitos motivos.

Conquistei coisas que achei que eram inalcançáveis. Fui muito além do que muita gente achou que eu iria. Todos os meus esforços foram abençoados por Deus e tudo o que eu sonhei eu alcancei.

Tive dois empregos e em cada um deles conheci pessoas muito especiais, pessoas que não esquecerei jamais!

Aprendi a ser simples como uma criança, que sorri sem motivo, que alegra-se com tudo, com uma simples musiquinha que a tia da creche inventou de última hora. Vi nos olhos de cada uma delas a vontade de crescer e de aprender. E isso é algo que todos nós deveríamos fazer!

Fechei meus olhos por um momento e sonhei com algo grande. Acreditei em mim e consegui! Hoje estou onde eu gostaria de estar. Valeu à pena ter me esforçado. Foram momentos de incerteza e dúvida, mas sempre evitei os pensamentos negativos pois eu acredito que eu sou capaz de fazer tudo o que eu quiser. Confesso que fiquei temerosa quando vi aquele monte de gente na mesma sala, todos lutando pela mesma vaga. Mas ao final, quando vi os resultados, eu soube que eu era capaz! Afinal, quarto lugar no concurso da Caixa e oitavo lugar no concurso do Banco do Brasil não é qualquer um. Isso levando em consideração que eu não fiz cursinho, não tive professor, nada. Eu consegui tudo na raça! Eu fiz o meu resultado com o meu esforço. Eu consegui! E sou imensamente grata a Deus por ter me dado um cérebro pensante e inteligência o bastante para atingir meus alvos. Para minha alegria, Deus me deu também uma vaga exatamente onde eu queria. Quer motivo maior para alegria? Deus me deu tudo o que eu precisava.

Em 2012 também perdi coisas que jamais poderão ser repostas, de valor incalculável! E é claro que minha vida nunca mais será a mesma depois disso. Mas mesmo diante das coisas que perdi, tenho que agradecer a Deus por ter tido o privilégio de ter tido tais coisas, ainda que por pouco tempo. Foram essas coisas que me deram motivos de alegria infinita e me ensinaram uma lição valiosa: aprender a dizer adeus sem deixar de viver!

E é nesse vai e vem de coisas, nesse ganha e perde, que a gente aprende a crescer! É agradecendo por tudo que a gente demonstra a grandeza do nosso espírito.

O que vai mudar em 2013? Bom, nada! As coisas não mudam simplesmente porque mudou o número do dia, o número do ano. As coisas só mudam quando VOCÊ MUDA!

Seja você a mudança que você quer ver no mundo. Faça a diferença!

Se você não puder mudar o mundo, pelo menos mude sua forma de encarar o mundo.

Seja leve, seja intenso, seja alegre, seja bobo, seja criança, seja verdadeiro, seja criativo, seja você mesmo, mas nunca seja o mesmo!!

E é assim que termina o meu 2012, com ganhos e perdas, com alegrias e tristezas, mas, principalmente, com acontecimentos que mudaram a minha vida, para sempre!

Fui…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s